SOTAQUE BRASILEIRO

SOTAQUE BRASILEIRO

A diversidade climática típica de um país continental e a criatividade do brasileiro, conhecido pela capacidade de reinventar tudo, levaram o país a alcançar uma vitivinicultura completamente original. A tradição europeia, trazida ao Brasil por milhares de imigrantes, aliada ao investimento em inovação, resultou em vinhos com personalidade única. Hoje o Rio Grande do Sul é o principal estado produtor, concentrando mais de 90% da produção de vinhos brasileiros. Cada região produtora desenvolveu sua especialidade, elaborando rótulos com cultura, tipicidade e sotaque próprios. Em comum, eles trazem o frescor de uma indústria jovem, formada por pequenos produtores, que fazem vinhos leves frutados e com presença moderada de álcool. Este estilo vem sendo descoberto e cada vez mais admirado mundo afora. É por isso que os vinhos brasileiros têm a cara do Brasil

Fonte Vinhos do Brasil

[spacer height=”20px”]

DICAS PARA O CONSUMO DO VINHO

[spacer height=”20px”]

A temperatura ideal

[spacer height=”20px”]

É recomendável servir o vinho na temperatura certa, para que se possa extrair todas as suas qualidades e atributos.

  • Vinhos tintos encorpados 16 a 18ºC
  • Vinhos tintos jovens com menor corpo 12 a 14ºC
  • Vinhos brancos secos maduros 1 a 14ºC
  • Vinhos brancos secos Leves 6 a 12ºC
  • Vinhos roses de modo geral 6 a 12 ºC
  • Vinhos doces brancos ou tintos 4 a 6ºC
  • Espumante Brut 6 a 12ºC
  • Espumantes Demi-sec 4 a 8ºC
  • Espumantes Moscatel 4 a 6ºC

# ou temperatura ambiente da adega

[spacer height=”20px”]
No caso dos vinhos tintos encorpados e com tempo de guarda, pode-se abrir a garrafa com algum tempo de antecedência, e (vertê-lo) passá-lo para outro recipiente (que pode ser um decanter) para que o vinho possa oxigenar e atingir a plenitude dos seus aromas.

[spacer height=”20px”]
Para os vinhos brancos e espumantes, deve-se conservar a garrafa em uma balde com gelo e água para manter a temperatura enquanto os vinhos forem consumidos.

[spacer height=”20px”]

Deguste este prazer

[spacer height=”20px”]

Degustar é perceber a plenitude de um vinho. É uma análise envolvendo quatro dos cinco sentidos: olfato, visão, tato e paladar, e também aspectos pessoais.

[spacer height=”20px”]
Cada pessoa tem gosto próprio, que pode ser aperfeiçoado com o intuito de aprender a obter do vinho o máximo de prazer que ele pode proporcionar.

[spacer height=”20px”]
Quando degustamos um vinho, buscamos perceber todas as sensações possíveis, extraindo dele suas características essenciais.

[spacer height=”20px”]
Dessa forma, descobrimos quais os vinhos que melhor se adaptam ao nosso paladar.

[spacer height=”20px”]

Combina com

[spacer height=”20px”]

É bastante simples combinar vinhos e alimentos. A principal dica a ser observada é que o vinho não deve ser mais forte que o prato, nem o prato mais forte que o vinho, para que haja harmonia entre os dois. No mais, basta respeitar o gosto e o paladar de cada um. Abaixo apresentamos algumas sugestões, observe:

[spacer height=”20px”]
Espumantes: geralmente combinam bem com qualquer prato salgado.

[spacer height=”20px”]
Vinhos brancos jovens: ideais para pratos leves, como carnes brancas grelhadas, saladas, caldos, queijos frescos e frutas frescas.

[spacer height=”20px”]
Vinhos brancos maduros ou tintos jovens: combinam bem com peixes assados, carne de aves e gado grelhada, massas com molho e semi duros.

[spacer height=”20px”]
Vinhos tintos encorpados, combinam com carnes de gado assadas, carnes de caça, massas com molhos fortes, queijos duros e pratos com tempero acentuado.

[spacer height=”20px”]

Cuidados com a conservação

[spacer height=”20px”]

Para uma perfeita conservação dos vinhos siga algumas dicas:

[spacer height=”20px”]
– Mantenha as garrafas deitadas para manter a rolha umedecida;
– Guarde as garrafas em um local livre de trepidações, silencioso e bem ventilado;
– Evite a luminosidade e variações bruscas de temperatura;

[spacer height=”20px”]
Pronto: depois de ler essas dicas, você já tem um pouco mais de informações sobre vinhos. Assim você pode ter boas histórias e argumentos para contar durante um jantar ou naquele encontro entre amigos. E agora também já dá para conhecer um pouco melhor o vinho gaúcho.

[spacer height=”20px”]
Conhecer os produtos do nosso estado que são reconhecidos no exterior, as regiões da vitivinicultura e, dentro da sua preferência, descobrir qual o melhor vinho e a melhor ocasião para degustá-lo.

[spacer height=”20px”]

Suco 100% Uva

[spacer height=”20px”]

Uva e mais nada! No processo de fabricação somente uvas frescas são utilizadas, não há adição de água, sabores ou aromas artificiais. Além de delicioso e refrescante, o suco de uva 100% é ótimo para a saúde. Seus nutrientes fazem com que tenha alto poder antioxidante, tornando-o uma bebida benéfica para as pessoas de qualquer idade.

[spacer height=”20px”]

Benefícios para a saúde

[spacer height=”10px”]

Cérebro
-Redução de danos oxidativos em estruturas cerebrais, podendo reduzir o risco do aparecimento de doenças eurológicas como o Alzheimer
-Melhora cognitiva da memória
-Melhora na função neurocognitiva, ampliando atividade cerebral

[spacer height=”20px”]

Coração

[spacer height=”10px”]
-Prevenção de doenças cardiovasculares
-redução da pressão arterial
-Melhora na função endothelial e propriedades vasculares das artérias
– Redução nos níveis de colesterol total e LDL – colesterol, entretanto elevando os níveis de HDL – colesterol

[spacer height=”20px”]

Corpo todo

[spacer height=”10px”]
– Prevenção de danos causados pelos radicais livres, ajudando na prevenção do envelhecimento precoce
_ prevenção de danos oxidativos ao DNA, auxiliando na prevenção de doenças, como cancer
– Manutenção da condição corporal, auxiliando no bom funcionamento do organismo
– Aumento dos níveis de insulina e melhora na função de fluxo sangúineo capilar em triatletas.

[spacer height=”20px”]

Fechar Menu
×
×

Carrinho